Dicas de Cuidados com o Cabelo

O cuidado do cabelo tem que ser mais intenso quando se trata de se recuperar de uma doença. Para a maioria das pessoas, a perda de cabelo ocorre durante diferentes estações do ano ou, geralmente, algumas vertentes por dia.

Cuidados com o cabelo

A perda de cabelo média de 50-80 fios por dia é considerada normal. Os problemas surgem quando é mais do que isso. A queda de cabelo que experimentei foi tremenda desde o dia em que comecei minha medicação. O post é sobre cuidados com os cabelos em geral e como renovar o cabelo depois de perdê-los por qualquer motivo (doença, estresse ou queda sazonal). Meus problemas de cabelo começaram durante o meu tratamento e foram completamente ignorados naquele momento. Eu não prestei atenção ao fato de que meu cabelo estava caindo mais rápido do que minha autoconfiança. A queda de cabelo era tão aguda que, ao tocar levemente meu cabelo, quase 10 a 15 fios vinham em meus dedos. A intensidade disso me fez temer a calvície vindo em minha direção. Apesar de todos os escrúpulos, não tomei nenhuma providência para isso.

Como ter Cabelos Perfeitos

Estar em solidão estava consumindo minha consciência. Eu não pensei duas vezes no que meu cabelo estava passando e, como resultado disso, perdi a maioria deles. Aqueles que conseguiram sobreviver estavam sem vida. Eu estava tão preocupada com meus remédios que percebi que não tinha penteado meu cabelo por semanas. O isolamento tinha me custado tanto que eu nem conseguia pegar o pente ou pensar em lubrificar meu cabelo. Assim, o efeito combinado de medicamentos, negligência e as consequências da doença resultaram em danos completos ao cabelo. Eu tinha perdido a maior parte do meu cabelo e o que sobrou foi um acidente. A única garantia para mim é que eu não fiquei completamente careca. Além disso, eu tinha o cabelo ligeiramente ondulado, então parecia bem à distância.

Cuidados capilar

Depois de perceber que eu tinha que fazer algo sobre a minha catástrofe de cabelo, decidi pesquisar sobre isso. Minha perda de cabelo não era natural e foi eliminada por fatores externos. Felizmente, foi recuperável e eu comecei a experimentar vários remédios naturais para trazê-los de volta à vida.

Aloe Vera para os Cabelos

Aloe Vera

Comecei aplicando Aloe Vera crua diretamente da planta. Ele fornece brilho aos cabelos, bem como à pele. O coalho também pode ser aplicado no couro cabeludo para se livrar da caspa. Eu apliquei duas vezes por semana antes do xampu. Eu massageava meu couro cabeludo com óleo quente uma noite antes do xampu. As pessoas sugeriram a aplicação de suco de cebola com hortelã em pó para recuperar o brilho. Não sei se funcionou, mas cheirei a cebola nos dois dias seguintes. Esses foram os esforços mínimos que fiz para recuperar meu cabelo. Eu continuei com estes por cerca de 3-4 meses e, finalmente, pude ver os resultados. Meu cabelo começou a ganhar brilho e novos cabelos finalmente ficaram visíveis. Talvez fosse para acontecer durante a recuperação, mas esses métodos certamente me ajudaram.

Como Aumentar o Crescimento do Cabelo

Finalmente, um pouco de cabelo estava de volta na minha cabeça. Eu tinha ido de quase careca para recuperar meu cabelo até esse ponto. Os resultados foram bastante satisfatórios, mas eu não tinha ideia sobre a categoria em que meu cabelo caiu. Não foi completamente encaracolado nem foi direto. Eu tive que esperar por algum tempo para deixá-lo crescer em sua forma natural. No momento em que cresceu um pouco mais, eu pude vê-lo sendo encaracolado das extremidades. Então, eu pesquisei mais sobre cabelos cacheados / ondulados. Eu decidi adotar todos esses métodos para trazer de volta meu cabelo original. Algumas das técnicas que tirei são mencionadas:

Cabelos Perfeitos

  • Eu desisti de usar xampus que continham silicones e sulfatos. Eles são provavelmente os piores shampoos para cabelos ondulados / encaracolados. Os produtos químicos tornam o cabelo mais propenso ao frizz. No momento em que eu costumava sair depois de fazer xampu, meu cabelo se transformava em uma bagunça completa. Desde que comecei a usar xampu orgânico, isso resultou em melhores padrões de ondulação. Você pode usar qualquer shampoo orgânico, de preferência com uma base de frutas.     
  • Sua dieta reflete diretamente no seu cabelo, pele e unhas. Eu sempre mantive isso em todos os meus posts. Beber muita água, sucos caseiros e água de coco definitivamente irá fornecer seu cabelo com a nutrição que eles precisam.    
  • Suplementos capilares estão disponíveis nos mercados, mas devem ser tomados sob a orientação de um médico. Em casos extremos como o meu, eu tomei um suplemento de cabelo por 6-8 meses. Ele fornece os nutrientes adequados necessários para o crescimento do cabelo, da pele e das unhas.    
  • Parei de secar meu cabelo, pois isso os torna muito frágeis. Toalhas são geralmente muito ásperas. É melhor envolvê-los em uma toalha de algodão ou camiseta. Enrole seu cabelo suavemente na camiseta em vez de ser duro com eles para remover o excesso de água.     Usando produtos de calor danifica o cabelo mais do que você pode pensar. Fique longe de aquecê-los tanto quanto puder. Se for necessário usá-los, aplique o soro de proteção térmica antes de usar o produto.     
  • Usar manteiga de karité com cabelos ondulados é uma bênção disfarçada. Protege seu cabelo do frizz e bloqueia suas ondas perfeitamente.     Eu nunca penteio meu cabelo depois de lavá-los, pois isso perturba completamente os cachos. Normalmente, eu penteio meu cabelo na noite anterior ao xampu. Isso garante a circulação sanguínea e também não afeta os cachos.

Conclusão

Cabelos lindos

Depois de praticar os métodos mencionados, meu cabelo começou a tomar sua forma ondulada natural e a crescer. Em vez de se esconder atrás de ferramentas de aquecimento, é melhor abraçar seu cabelo natural. Demorou 2-3 anos para renovar meu cabelo a partir do zero, mas valeu a pena o esforço. Cuidados com o cabelo é tudo sobre construir-se a partir do zero e não desistir de sua jornada.

Cuidados com a pele – Aprenda a ter uma pele linda todos os dias!

Não seria ótimo se a nossa pele cuidasse de si mesma? Mas não é bem assim que funciona… Dependendo do seu tipo de pele, há muito o que deve ser feito para mante-la saudável e bonita e para isso é preciso adotar cuidados diários com a pele que você irá aprender aqui neste post!

 

Cuidados com a pele

Você sabia que a maioria das mulheres não sabe que tipo de pele tem? Neste artigo, você obterá informações sobre como determinar seu tipo de pele e os cuidados adequados.

Conheça o seu tipo de pele

Pele normal: A pele normal tem uma sensação equilibrada. Ou seja, não é seca nem oleosa ou sensível. 

Pele oleosa: A pele oleosa tende a ter glândulas sebáceas que produzem em excesso o óleo. Este tipo de pele é geralmente herdado geneticamente e é propenso a acne.

Pele seca: A pele seca possui  uma barreira de umidade comprometida. Este tipo de pele é facilmente irritável. A pele seca é mais suscetível ao envelhecimento precoce do que os outros tipos de pele.

Pele mista: Se a sua pele tiver mais de uma textura, seca em alguns lugares e oleosa em outras, é provável que você tenha pele mista. Normalmente, pessoas com pele mista experimentam oleosidade na zona T e secura nas demais partes.

Pele sensível: A pele sensível é propensa à irritação mais do que outros tipos de pele. Se você encontra manchas vermelhas ou brancas na sua pele e ela é mais suscetível à acne, é provável que você tenha pele sensível.

Pele envelhecida: O envelhecimento da pele esta em três fatores determinantes: linhas finas/rugas, manchas escuras e flacidez. A pele seca tende a envelhecer mais rapidamente do que outros tipos de pele e os cuidados com este tipo de pele é semelhante ao da pele seca.

Rotina diária de cuidados com a pele

 

Você conhecerá passo a passo da rotina diária ideal para cuidar do seu tipo de pele! Vamos lá?

Rotina de cuidados para pele Normal

Pela manhã: Lavar com sabonete suave livre de sulfato para não ressecar e tonificar com um tônico sem álcool, depois hidratar usando um hidratante com proteção solar. Procure por um fator de proteção de 30 ou mais e produtos não comedogênicos e específicos para o rosto.

Rotina Noturna: lavar e tonificar com os mesmos produtos de uso matinal. Invista em um creme antioxidante, pois ajudam a nutrir sua pele e melhorar sua defesa.

Rotina de cuidados para pele oleosa

Rotina matinal: Sabonetes sem óleo e sem sulfato, pois eles controlam a oleosidade e ao mesmo tempo reduzem o risco de ressecar a pele. Utilizar um bom tônico sem álcool com ingredientes como hamamélis ou gerânio. Estes ingredientes adstringentes ajudam a limpar e fechar os poros sem desidratar a pele. Hidratar sim! A hidratação é essencial mesmo em pele oleosa. Procure hidratantes sem óleo, não-comedogênicas com efeito mate. Invista também em um bom gel hidratante. Vale também para o protetor solar.

Rotina Noturna: Repita os mesmos processos para lavar e tonificar. Hidrate com cremes que contenham Alfa-hidroxiácidos e beta-hidroxiácidos podem ajudar a diminuir a aparência de poros. Vale usar hidratantes que contenham ácido salicílico ou óleo de melaleuca. Cremes anti rugas com  retinol ajudam a diminuir os poros e transformar sua pele. Como tratamentos adicionais vale optar pela máscara de argila que ajudam a absorver o excesso de oleosidade.

Rotina diária de cuidados com a pele seca

Rotina matinal: Invista em um sabonete suave e um tônico com Aloe Vera e pepino que ajudam a limpar o rosto, mantendo-o hidratado. Invista num hidratante com ativos antioxidantes e um protetor solar com fator 30 ou mais.

Rotina Noturna: Lavar e tonificar como de manhã. Utilizar um hidratante com retinol que ajudará a evitar a formação de linhas finas. Para a área dos olhos, um creme que contenha peptídeos pode ajudar a aumentar a atividade do colágeno. Cremes noturnos com alto teor hidratante com oleo de prímula, óleo de amêndoa doce, óleo de jojoba, óleo de cranberry, fosfolipídios, óleo de borragem ou óleo de semente de rosa mosqueta são boas opções, pois atuam como os lipídios naturais da pele e reforçam a barreira de hidratação da pele.

Rotina diária de cuidados com a pele mista

Rotina matinal: Siga as instruções dadas para pele oleosa para lavar e tonificar. Se isso estiver ressecando demais use algo especifico para pele mista. Hidrate com cremes oil-free para pele mista, invista em um hidratante matificante e protetor solar também.

Rotina Noturna: Lave e tonifique como de manhã. Hidrate com hidratantes com retinol.

Rotina diária de cuidados com a pele sensível

Pele sensível requer o uso de produtos suaves. Invista em produtos hipoalergênicos, pois estes são suaves e não causam irritação.

Rotina matinal: Sabonete suave e tônico sem álcool com ingredientes como chá verde, chá branco, camomila e beta-glucana, pois eles são anti-inflamatórios e ajudam a reforçar o sistema imunológico da pele. Hidratantes sem perfume e hipoalergênico e protetor solar acima de 30.

Rotina Noturna: repetir os passos da manhã usando água fria sempre. Hidratantes com ácido láctico fará bem.

Rotina diária de cuidados com pele envelhecida

Rotina matinal: Siga as instruções dadas para a pele seca. É importante lembrar de estender todos os tratamentos para o pescoço. Hidrate com cremes antioxidantes.

Rotina Noturna: Siga as instruções dadas para a pele seca. Uma boa ideia é consultar um dermatologista para tratamentos mais eficazes para o envelhecimento da pele.

Dicas diárias para todo tipo de pele

  • Lave seu rosto duas vezes por dia;
  • Remova sua maquiagem adequadamente;
  • Hidrate sua pele;
  • Não abuse de chuveiro quente;
  • beba água;
  • Durma 8h por dia se possível;
  • Não esqueça o protetor solar;
  • cuide da alimentação.

Manter sua pele saudável às vezes pode parecer uma tarefa impossível, mas o truque é encontrar o que funciona na sua pele. A pele de todos é diferente e personalizar sua rotina para atender às suas necessidades é uma das etapas mais produtivas que você pode seguir para otimizar sua rotina de cuidados com a pele!